Buscar
  • marianamarialencar3

História do Lago Paranoá

Provavelmente todo brasiliense já foi alguma vez em sua vida para o Lago Paranoá, seja para respirar um ar puro, dar uma caminhada, um passeio de lancha ou até mesmo para trabalhar.


Mas o que a maioria não sabe, é que a cerca de 60 anos atrás, mais ou menos 100 famílias moravam onde é o atual Lago Paranoá.


Denise Coelho, professora do Secretaria de Educação e especialista do Instituto Histórico e Geográfico do Distrito Federal, conta “Muita gente não sabe, mas o Lago Paranoá foi antevisto pelo engenheiro Auguste François durante a segunda Missão Cruls, que, resumidamente, fez uma série de pesquisas no interior do país para descentralizar o desenvolvimento do Brasil dos estados litorâneos”


Quando finalmente o projeto saiu do papel,, o lugar obviamente não era o mesmo de séculos atrás. No fim da década de 1950, muitas pessoas moravam ali, em uma vila que era conhecida como Vila Amaury. Os habitantes foram transferidos para Sobradinho e Gama, mas mergulhadores afirmam que, até hoje, eles encontram pedaços de casas, carros e máquinas no fundo d'água.


No início do projeto, críticos de Kubitschek disseram que era uma loucura construir um lago artificial na capital. Então no dia que o lago atingiu mil metros de altitude, o presidente mandou um telegrama para os críticos, que continha apenas as palavras “Encheu, viu?”.


9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo